sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A PRIVATARIA TUCANA CONTINUA...

POR LUCIANO SEKI
ENQUANTO O LIVRO "PRIVATARIA TUCANA' DO JORNALISTA AMAURY RIBEIRO JÚNIOR" TÁ DANDO NO QUE FALAR, ATÉ PEDIDO DE CPI NO CONGRESSO. AQUI NO PARÁ O GOVERNADOR PSDBISTA SIMÃO JATENE QUER ENTREGAR DE MÃO BEIJADA O ESTADO; ENVIOU PARA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO (ALEPA) PROJETO DE LEI NÚMERO 2010/2011 PEDINDO AUTORIZAÇÃO AOS DEPUTADOS PARA INSTITUIR CONTRATAÇÃO DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS (PPP) NO PARÁ QUE PERMITE PRIVATIZAR ESCOLAS, SAÚDE, ADMINISTRAÇÃO PUBLICA, ASSISTÊNCIA SOCIAL, COSANPA, BANPARÁ, ESTRADAS, UNIVERSIDADE ETC.
AS TUCANADAS NÃO TEM VERGONHA NA CARA?! RECENTEMENTE FOI LANÇADO UM LIVRO DOSSIÊ, SE ASSIM POSSO CHAMA-LO, QUE ACUSA VÁRIOS LIDERES DESTE PARTIDO DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO COM A VENDA DE PATRIMÔNIO PUBLICO. 
NO PARÁ A VENDA DE ESTATAIS ESTRATÉGICA PARA UMA NAÇÃO FORAM LEILOADAS A PREÇO DE BAGATELA, ENQUANTO, O POVO FICOU A MERCÊ DESTES SELVAGENS DE GRAVATAS, AGORA QUEREM DÁ OUTRO GOLPE NA NOSSA DIGNIDADE, INTELIGENCIA E NO NOSSOS BOLSOS.

LEVAR EM PLENÁRIO UM ASSUNTO DE INTERESSE POPULAREM EM REGIME DE URGÊNCIA SEM DEBATER COM A SOCIEDADE, CHEIRA A FALCATRUA NÃO SÓ PARA O ESTADO MAS PARA CADA HOMENS, MULHERES E CRIANÇAS QUE NELE VIVE; NÃO PASSAR PELO CRIVO DO POVO É SÓRDIDO, ÍNFIMO E ANTIDEMOCRÁTICO, PORTANTO, CARATERIZADO COMO SUBVERSIVO, UMA FERIDA, UM CÂNCER  PARA A POPULAÇÃO. ASSIM, COMO O POVO PARAENSE DISSE NÃO A DIVISÃO DO PARÁ, DIZEMOS NÃO A PRIVATIZAÇÃO DO NOSSO ESTADO.

VAMOS FICAR DE OLHO...       


DENÚNCIA!                                  
NESTA QUINTA-FEIRA DIA 15.12.11, O ESTUDANTE E MILITANTE DAS CAUSAS SOCIAIS VICTOR JAVIERI FOI AGREDIDO PELOS SEGURANÇAS DA CASA LEGISLATIVA, O ESTADO E O PAÍS QUE NÃO DÁ DIREITO DE MANIFESTAR SE TORNA AUTORITÁRIO DANDO VEREDICTO  DE SE REBELAR CONTRA ESTE.

MENSAGEM DE VICTOR JAVIERI
RETIRADO DO FACEBOOK
"Apesar de ter pego porrada do segurança da Alepa, apesar de ter visto o cinismo dos Deputados que querem privatizar o Estado do Pará, tratando o povo com desleixo, apesar de Pioneiro não ter sabido se explicar em nenhum momento, apesar da fome, do sol, conseguimos uma vitória hoje, adiamos a votação da Privatização do Estado empreendida por Simão Jatene para dia 20 de dezembro, agora é mobilizar para impedir que isso aconteça !"

DIA 20.12.2011, VENHA MANIFESTAR-SE CONTRA A PRIVATIZAÇÃO, ÀS 09H ENFRENTE A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO PARÁ.

DIGA NÃO AO ABUSO NO PREÇO DA ENERGIA.
DIGA NÃO A LEI KANDIR.
DIGA NÃO A PRIVATIZAÇÃO DO NOSSO ESTADO.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

PARABÉNS AO GRANDE MESTRE OSCAR NIEMEYER!!!

Por Por Claire de Oliveira - AFP
Para festejar seus 104 anos nesta quinta-feira (15), o célebre arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer decidiu fazer o que mais gosta: trabalhar em seu ateliê de janelas amplas diante da praia de Copacabana.
Embora repita com frequência que "ter mais de 100 anos é uma merda", Niemeyer já recebeu um presente de aniversário: una escultura denominada "Laura", criação do caricaturista Lan e esculpida em bronze pelo artista Marcos André, informou nesta quarta-feira o jornal O Globo.
Admirado pela força de sua criação e longevidade, Niemeyer vai todos os dias a seu ateliê, apesar dos problemas de saúde dos últimos anos: fraturou a pélvis e, no ano passado, foi hospitalizado várias vezes, inclusive por um câncer de cólon.
O arquiteto, um comunista de carteirinha, também encontra tempo para participar das reuniões da revista que criou para "falar com a juventude".
Da revista, escrita em português, espanhol e inglês, faz parte o caderno "Explicação necessária", onde Niemeyer escreve sobre o processo de criação de suas obras.
Nascido no dia 15 de dezembro de 1907 no Rio de Janeiro, o arquiteto concebeu mais de 600 projetos arquitetônicos em todo o mundo. Ainda dirige vários, como a renovação do Sambódromo no Rio de Janeiro, adaptando-o aos Jogos Olímpicos de 2016 na cidade.
Em agosto passado, Niemeyer, que revolucionou a arquitetura moderna com curvas sensuais inspiradas, segundo ele, "no corpo da mulher brasileira", disse à imprensa que ainda há coisas que gostaria de fazer, como um "belo projeto para Copacabana".
"Uma vez me perguntaram o que pensava da vida. Respondi: enquanto houver uma mulher perto, que aconteça o que acontecer!", brincou Niemeyer, também autor da letra do samba "Tranquilo com a vida", uma canção otimista sobre um morador de uma favela que tem a esperança de um futuro mais justo.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Hino do Estado do Pará



SOU PARAENSE TENHO ORGULHO DO MEU ESTADO, QUERO MEU PARÁ SEM DIVISÃO...

Vergonha na assembleia legislativa do Amapá



ISSO É UMA VERGONHA NÃO SÓ PARA O ESTADO DO AMAPÁ, MAS PARA TODOS OS NORTISTAS.
É UMA VERGONHA PARA TODOS OS TRABALHADORES QUE COM SEU SUOR SEMPRE LUTARAM POR MELHORIA DOS SEUS CIDADÃOS.
É UMA VERGONHA POR DESTRATAREM NOSSOS DIREITO DE FALAR E SER OUVIDO.
É UMA VERGONHA PARA TODOS OS POLÍTICOS... ATÉ QUANDO VAMOS BAIXAR NOSSAS CABEÇAS E DEIXAR QUE POUCOS MANCHEM NOSSO CARÁTER, NOSSA DIGNIDADE?!
ATÉ QUANDO VAMOS DEIXAR QUE EXPULSEM OS ÍNDIOS DAS SUA TERRAS, ONDE SEUS ANCESTRAIS VIVERAM, CONSTRUÍRAM E CRIARAM SEUS FILHOS?!
ATÉ QUANDO VAMOS DEIXAR QUE DESTRUAM NOSSAS FLORESTAS?!
ATÉ QUANDO VAMOS DEIXAR QUE NOS MALTRATEM, QUE ROUBEM NOSSAS RIQUEZAS?!
ATÉ QUANDO VAMOS NOS CALAR PARA ESSA CORJA DE BANDIDOS QUE TRAZEM EM SUAS MALAS O SEPARATISMO, A GRILAGEM, O ASSASSINATO, O DESMATAMENTO EM NOME DO PROGRESSO?!

NORTISTA DO BRASIL UNI-VÓS!

Boni confessa manipulação do debate Lula x Collor



PIG MOSTRA TUA CARA,
QUERO VER QUEM PAGA P/ GENTE FICAR ASSIM,
PIG QUAL É TEU NEGOCIO O NOME DO TEU SÓCIO,
CONFIA EM MIM...

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Pesquisa Datafolha sobre Divisão do Pará



Criação do estado do Tapajós:
Sim: 30%
Não: 61%
Não sabem: 9%

Criação do estado do Carajás:
Sim: 31%
Não: 62%
Não sabem: 7%

Foram ouvidos 1.015 eleitores, entre os dias 21 e 24 de novembro.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A Perereca da Vizinha: Carros antigos alugados pela Delta Construções à P...

A Perereca da Vizinha: Carros antigos alugados pela Delta Construções à P...: O blogueiro Vicente Cidade afirma que, apesar do novo contrato de R$ 14 milhões com a Delta Construções, a Polícia Militar continua a c...

NOTA DO COLETIVO VANGUARDA VERMELHA - EP

ONTEM HOUVE REUNIÃO DA ESQUERDA DO PT/ANANI, DESCONTENTE COM O RUMO QUE O PARTIDO SE POSICIONA AO GOVERNO MUNICIPAL DE ANANINDEUA.
 
TIRANDO RESOLUÇÃO DE OPOSIÇÃO E ENFRENTAMENTO A POLITICAS MALÉFICAS QUE ESTE MUNICÍPIO SE ENCONTRA.

"QUEM QUER QUE SEJA QUE PONHA AS MÃOS EM MIM PARA ME GOVERNAR É UM USURPADOR, UM TIRANO. EU O DECLARO MEU INIMIGO."
PIERRE JOSEPH PROUDHON

NOTA,
COLETIVO VANGUARDA VERMELHA SE POSICIONOU EM DEFESA DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DESTE MUNÍCIPE, APOIA A RESOLUÇÃO DO PRIMEIRO ENCONTRO DA ESQUERDA ANANI, QUE PEDI A REVISÃO DE ACORDOS QUE GRUPOS DISTANTES DA REALIDADE PETISTA APROVARAM; PEDIMOS A IMEDIATA REVISÃO DA ALIANÇA AO GOVERNO MUNICIPAL DE ANANINDEUA E ESTENDE SUA POSIÇÃO DE TOTAL REPÚDIO AO GOVERNO ESTADUAL, PORTANTO, O COLETIVO SE COLOCA A DISPOSIÇÃO DO ENFRENTAMENTO POLITICO-IDEOLÓGICO DENTRO DO PARTIDO PARA DISSEMINAR SUA IDEIAS REVOLUCIONÁRIA DE ESQUERDA, DEMOCRATA E SOCIALISTA...

A LUTA CONTINUA.
UNIDOS VENCEREMOS!!!

"CEDO OU TARDE O HOMEM QUE FOI FEITO MENOR TENDE A SE LEVANTAR CONTRA QUEM O FEZ MENOR."
PAULO FREIRE

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

GOVERNO DO PSDB COM OS MICKEY'S E OS PATETAS



O GOVERNO PSDEBISTA DO PARÁ, ALÉM DE NÃO FAZER NADA POR NOSSA ESTRELA SPICA AINDA NOS ENFORCAM COM UM BANDO DE OPORTUNISTA... O PREFEITO DE ANANINDEUA COM OS MICKEY'S (VEREADORES) QUEREM NOS FAZER DE PATETAS (POVO ANANINDEUENSE), COM UNS VEREADOREZINHOS PUXA SACO E PAU MANDADO CRIAM UM AMONTOADOS DE MENTIRAS DE MELHORIA DESTE MUNICÍPIO, ONDE TÁ?!
AINDA TEM MICKEY DE ANANINDEUA QUE EM VEZ DE TÁ NAS COMUNIDADES SOLICITANDO MELHORIA, ESTÃO AJUDANDO CARREATAS DA DIVISÃO DO PARÁ; ELES ACHAM QUE CARAJÁS E TAPAJÓS SÃO ESQUECIDOS PELO ESTADO?


VAMOS DIVIDIR ANANINDEUA?
MINHA RUA TÁ PRECÁRIA, NÃO POSSUI ASFALTO, TODA ESBURACADA, LIXOS E RATOS POR TODO OS LADOS, QUANDO CHOVE É ÁGUA E LIXO ENTRANDO NAS CASAS.. SEGURANÇA, ONDE?

AINDA OUVE-SE NOS BASTIDORES QUE FORÇAS OCULTAS E DEPUTADOS FEDERAIS A FAVOR DA DIVISÃO DO ESTADO ESTÃO OFERECENDO A VEREADORES E DEP. ESTADUAIS, ASSESSORIAS NO VALOR QUE OS DEIXEM CALADOS E TRAIAM OS QUE ACREDITARAM E VOTARAM NELES...


FORA REDLEH!!!
FORA ENETAJ!!!


Dira Paes diz não a Divisão do Pará

Leila Pinheiro se posiciona contra a divisão do estado do Pará

Fafá de Belém se posiciona contra a divisão do estado do Pará

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

PROFESSOR NÃO DESANIME, UNIDOS VENCEREMOS!!!


POR, LUCIANO SEKI


PROFESSOR, UMA PROFISSÃO OU UMA DÁDIVA?!

"O POVO DE FORMA ALGUMA É MODERADO."
CHE GUEVARA 

QUANDO NÃO QUEREM OUVIR O CLAMOR DO POVO, TEMOS TODO O DIREITO DE NOS REBELAR CONTRA OS COVARDES, OPORTUNISTAS E ENTREGUISTAS DA NAÇÃO. ASSIM, ERGUE-SE O DEVER DE DESOBEDECER O QUE É IMORAL, DE NÃO ACEITAR QUE PROPAGANDAS MENTIROSAS CORROMPA O SEIO DA VERDADE, DA JUSTIÇA E DA ÉTICA. 
MANIPULAR COM INFORMAÇÕES FALSAS, DESACREDITANDO UMA LUTA POR DIREITO, É USAR AS ARMAS DO PRECONCEITO, DO NAZI-FACISMO, "UMA MENTIRA CEM VEZES DITA, TORNA-SE VERDADE" JOSEPH GOEBBELS - PROPAGANDISTA NAZISTA.
LEMBRE-SE QUE A GREVE NÃO É SÓ POR MELHORIAS SALÁRIAS, MAS PARA QUE TENHA ÁGUA PARA BEBER, MERENDA ESCOLAR, SEGURANÇA PARA OS ALUNOS E PROFESSORES, CONDIÇÕES DIGNA PARA ESTUDAR E DÁ AULA... MÃES E PAIS, TENHA CERTEZA QUE A CONSTRUÇÃO DO CARÁTER DE SEUS FILHOS DEPENDE MUITO DESSE PROFISSIONAL, PORTANTO, O APOIO PARA QUE SE CUMPRA A LEI DEPENDE DE VOCÊS OU QUEREM QUE SEUS FILHOS CRESÇAM ACHANDO QUE DESOBEDECER SEM MOTIVO É BENEFICÊNCIA.
A PROFISSÃO DE PROFESSOR É UMA DÁDIVA, NUNCA DEIXE MENOSPREZAR...

PROFESSOR NÃO DESANIME, UNIDOS VENCEREMOS!!!


LEVANTE TUA ARMA, RESISTIR É PRECISO
LEVANTE TUA ARMA, RESISTIR É TEU DIREITO
LEVANTE TUA ARMA, RESISTIR É TEU CONCEITO

TODO APOIO A GREVE E A OCUPAÇÃO DA SEPOF.


LUCIANO SEKI

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

FORÇA COMPANHEIRO...


LULA GUERREIRO DO POVO BRASILEIRO!!!

EXISTE HOMENS E HOMEM.
LIDERES E LÍDER.

COMPANHEIRO, SUA HISTÓRIA NUNCA SERÁ APAGADA, SUA LUTA, SUA CORAGEM, TORNARÁ INSTRUMENTO PARA SEMPRE ACREDITARMOS EM NOSSO SONHOS E ESPERANÇA...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

NOTA DE REPÚDIO DO PROFESSOR ALESSANDRE SAMPAIO


NOTA DE REPÚDIO DO PROFESSOR ALESSANDRE SAMPAIO (PROF. FÍSICA)

É impressionante a ignorância de tantos...


O único caminho para o desenvolvimento e crescimento do Brasil, incontestavelmente é a educação!!!
Temos uma constituição que nos dá direitos plenos a saúde, segurança, EDUCAÇÃO... e esses direitos tem que ser oferecidos de forma proporcional ao quanto se arrecada de impostos... que diga-se de passagem, quando se fala em arrecadação, a competência do poder executivo brasileiro em todas as esferas é extraordinária, fenomenal..., superior a muitos países desenvolvidos europeus, por exemplo... Portanto, qualquer serviço prestado pelo poder executivo brasileiro é no mínimo ridículo... pífio... vergonhoso... insuficiente... precário...!!!
Por conseguinte, quando vamos a um hospital público... e as condições de atendimento são catastróficas... a culpa de 99,9% da situação não é do médico, do enfermeiro e etc... é do GOVERNO... quando somos assaltados em plena rua, muitas vezes humilhados, espancados, assassinados... e não temos a segurança de direto proporcional aos nossos impostos... a culpa de 99,9% da situação não é do policial, guarda municipal e etc... é do GOVERNO... Quando mandamos nossos filhos para uma escola pública, que não tem cadeira para sentar... água pra beber, livros na biblioteca, muitas vezes nem quadro para as aulas, sem merenda escolar, sem limpeza mínima, climatização, suporte, estrutura... e principalmente professores... (dos poucos que tem recebem migalhas de salário...)... a culpa de 99,9% da situação não é dos professores, pedagogos, diretores, técnicos e etc... também é do GOVERNO integralmente!!!
A inversão de valores é tão colossal no Brasil que ainda aparece uma IDIOTA dessas falando um monte de bobagens... chamando os professores de VAGABUNDOS... e hostilizando uma classe que historicamente vem lutando arduamente e heroicamente pelo desenvolvimento desta nação!!! E pior de tudo, mostra com muita clareza que não conhece nem de longe a realidade da prestação de serviços públicos no Brasil... ou está tão alienada (ou é tão tapada) que não consegue perceber que muitas pessoas passam fome nesse país... sofrem com endemias... apanham com a insegurança e se alienam (como você) com a falta de educação... Tudo por única e exclusiva culpa da oligarquia corrupta e nojenta que vem governando esse país há anos!!! Desta forma, pense antes de falar... ou melhor, procure se informar e também lutar por seus direitos... que não são poucos... afinal você vive nessa nação onde os VAGABUNDOS estão no poder!!!

NOTA DA PRESIDÊNCIA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES SOBRE A GREVE DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO


NOTA DA PRESIDÊNCIA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES SOBRE A GREVE DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO

Neste momento em que a greve dos trabalhadores da educação publica ultrapassa um mês e é decretada ilegal por um magistrado, é necessário que o Governo do Estado e o Sindicato da categoria cheguem a uma solução política para o problema. A criminalização do movimento social abre um precedente ruim para a democracia. Além disso, seu prolongamento traz grave prejuízo aos estudantes, que sofrem cotidianamente com as fragilidades da educação pública, e tem seu direito à educação limitado.

Queremos lembrar à sociedade que o projeto do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração – PCCR – dos trabalhadores em educação pública no Pará foi definido em 2008, sob o governo petista de Ana Júlia. Esta conquista histórica da categoria foi alcançada com muita luta e debate democrático entre o Governo do Estado e os trabalhadores. O PCCR dos trabalhadores em educação é referendado pelo Plano Nacional de Educação, com suporte de recursos do Fundeb para sua aplicação. Ou seja, além de ser uma normatização federal, há recursos suficientes para o governo tucano de Simão Jatene aplicar o piso nacional da categoria e o PCCR. Falta, porém, disposição democrática para negociar com os trabalhadores e vontade política para promover educação pública de qualidade no Estado do Pará. Por isso, o Partido dos Trabalhadores reafirma sua posição de defesa dos movimentos sociais e dos direitos da classe trabalhadora. Nesse sentido, declaramos nosso apoio incondicional à luta dos trabalhadores e trabalhadoras em educação pública no Estado do Pará, por salários decentes e condições dignas de trabalho.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

PT, A JUVENTUDE E O FEMINISMO!


DEU NO BLOG, AVANTE! A JUVENTUDE E A REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA


Chega ao fim à maratona dos congressos da JPT nos municípios e estados e para as jovens feministas fica a tarefa de refletir sobre o novo momento político em que se encontra a JPT. A partir de um novo formato de juventude partidária construído no I Congresso Nacional da JPT, dos encontros de jovens feministas do PT e em especial do último congresso do partido onde tivemos a paridade entre homens e mulheres e a reserva de 20% para jovens nas instâncias de direção, surge a necessidade de pensar de que forma esses espaços e mecanismos tem interferido na organização dessa nova juventude petista e como essas jovens tem contribuído para o enfrentamento ao machismo em nosso partido.
O que a experiência dos congressos nos demonstra é que diante do rebaixamento político vivido pelo PT durante os últimos anos, com reflexo na juventude e para a organização das mulheres, onde diversas companheiras de todo o país se filiam ao PT e desconhecem a importância do debate das mulheres, reproduzindo todos os abusos e opressões colocadas na sociedade, à importância da reafirmação feminista do partido ainda se apresenta com um grande desafiado para os próximos períodos.
Apesar dos retrocessos oriundos desse rebaixamento para as feministas, foi justamente na juventude que as mulheres organizadas e militantes adquiriram fôlego para retomar uma ofensiva feminista no partido. Foi no I Congresso da JPT que uma importante conquista política, a implementação da paridade na juventude, foi aprovada. E este foi apenas um dos passos, já que no último período a JPT avançou em políticas para o fortalecimento da organização das mulheres. Hoje podemos apontar ações que colocam as jovens em uma condição “mais real” de contribuir na luta contra a desigualdade e combate ao machismo petista. Uma dessas ações é nossa participação na executiva da JPT, um desafio que deve ser considerado, mas principalmente uma construção política de toda uma trajetória das mulheres no PT.
Mesmo ainda reproduzindo em seus espaços a configuração geral partidária, com muitas mulheres na base, poucas dirigentas, atitudes machistas e que desqualificam companheiras, a política sendo definida entre os homens e sendo esse quadro sendo mais agudo no interior, a JPT ainda assim se configura como um espaço de esperança de uma retomada feminista no partido. As feministas da JPT tem demonstrado ousadia e garra manter a luta pela igualdade, sendo um foco de resistência e contribuindo para os avanços conquistados recentemente pelas petistas.
No próximo período nossa tarefa principal é organizar nossas jovens para a campanha municipal. No pleito eleitoral devemos pensar ações para que a JPT possibilite o crescimento de nossas jovens petistas, desde sua participação, mas principalmente que dialogue com a demanda do partido em construir companheiras mulheres, fortalecendo a formação política, a partir de uma plataforma feminista. Por todos esses elementos é que tarefa das jovens petistas é estratégica para o fortalecimento do PT e construção das mulheres petistas. Nós temos uma luta cotidiana que o ultrapassa os limites da opressão, nossa luta está também em elaborar políticas, pensar nossa atuação como mulheres e jovens militantes. Fortalecer o partido e reafirmar o feminismo como alternativa estratégica na busca pelo socialismo.


*Amanda Mendonça, Bárbara Eliodora, Clarissa Alves da Cunha e Talita São Thiago – militantes da JPT-RJ

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Wikileaks: William Waack, da Globo, é citado três vezes como informante dos EUA

William Waack errou previsão sobre união de Aécio Neves com José Serra


O jornalista William Waack, da Rede Globo, se tornou um dos assuntos mais discutidos no Twitter nesta quinta-feira graças a supostos documentos da Wikileaks que o apontariam como informante do governo americano. Apesar de vagas e desencontradas, algumas informações são verdadeiras. O Informe JB entrou em contato com a jornalista Natalia Viana, responsável pela Wikileaks no Brasil, que confirmou a história. Waack é citado não apenas uma, mas três vezes como informante da Casa Branca. Dois dos documentos que o citam são considerados "confidenciais".Consulta sobre as eleições.
Um dos arquivos é sobre a visita de um porta-aviões dos Estados Unidos em maio de 2008. Na ocasião, a Embaixada Americana classificou como positiva a repercussão na mídia do evento, citando William Waack diretamente por ter ajudado a mostrar o lado positivo das relações do Brasil com os Estados Unidos em reportagens para o jornal "O Globo". Os outros dois documentos são sobre informações repassadas por Waack a representantes americanos sobre as eleições presidenciais do ano passado.




Documento relata reunião na qual Waack dá detalhes sobre os presidenciáveis em fevereiro


Dilma incoerente
O jornalista da Rede Globo reportou aos americanos em fevereiro de 2010 que um fórum econômico em São Paulo deixou as seguintes impressões sobre os possíveis candidatos à presidência: Ciro Gomes era o mais preparado, Serra era "claramente competente" e Dilma era... incoerente. 

Bola fora
Em agosto de 2009, novamente Waack manteve contatos com funcionários americanos, mas passou uma informação errada. Ele apontou que Serra e Aécio Neves já haviam selado a paz para uma candidatura a presidente e vice, respectivamente, no ano seguinte. A profecia, como todos sabem, não se confirmou. Aécio tentou encabeçar a candidatura tucana à presidência, mas acabou tentando o Senado por Minas Gerais. 

FONTE:
  • JORNAL DO BRASIL - Jorge Lourenço
  • WIKILEAKS

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Jatene: gastos sem licitação já alcançam quase R$ 1,2 bilhão.

DEU NO BLOG: PERERECA DA VIZINHA


É incrível, mas verdadeiro: o Governo do Estado já gastou neste ano quase R$ 1,2 bilhão sem licitação.

E isso é mais – muito mais – do que os R$ 805 milhões contratados através de todas as licitações realizadas.

O número é oficial: consta no balancete de setembro, que está no site da Secretaria da Fazenda (http://www.sefa.pa.gov.br/site/pagina/tesouro.balancetes ).

Dos R$ 8,5 bilhões empenhados até o final de setembro, quase R$ 6,5 bilhões corresponderam a despesas em que a licitação é inaplicável.

Não está escrito, mas é provável que essas despesas “ilicitáveis” incluam salários, contribuições previdenciárias, diárias de viagem, repasses aos municípios, por exemplo, embora essa margem (quase 80%) seja muito, muito elevada.

Do que sobrou, quase R$ 968 milhões foram gastos com dispensa de licitação e, R$ 228 milhões, com inexigibilidade.

Menos de R$ 805 milhões foram contratados através de concursos, convites, tomadas de preços, concorrências e, sobretudo, pregões.

Os gastos com suprimento de fundo também foram altos: quase R$ 11 milhões.

Detalhe: desses R$ 8,5 bilhões em despesas, mais de R$ 8 bi já foram liquidadas.  

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

ADESÃO DO PARÁ INDEPENDÊNCIA



A Libertação do Pará

Após o 7 de setembro de 1822, a luta eclodiu no Pará, uma vez que as juntas não reconheceram a Independência. Os liberais radicais encabeçados pelo cônego Batista Campos, e apoiados principalmente por comerciantes brasileiros, conseguiram, em janeiro de 1823, reunir número suficiente de pessoas para jurar a Constituição. Mas. No entanto, deposta a junta, os rebeldes do interior exigiram a formação de um governo popular, sob a chefia de Batista Campos.
Os Patriotas(liberais-radicais) se refugiaram no interior, onde passaram a conspirar, ganhando apoio das populações locais. As vilas de Cametá, Santarém, Macapá, Mazagão, Monte Alegre e Vigia transformaram-se em verdadeiros núcleos de conspiração. A adesão das massas populares às propostas de Batista Campos constituíram o começo de um processo que iria ter seu ponto culminante mais de dez anos depois(Cabanagem). Os núcleos de rebeldes assim constituídos isolaram a junta portuguesa, o que facilitaria posteriormente a tarefa do almirante Greenfell, enviado pelo imperador para impor um governo fiel.
A Primeira Câmara Constitucional (9 vereadores ) de Belém instala-se em 27 de fevereiro de 1823, após disputada eleição. O governador das armas, comandante das tropas portuguesas, general José Maria de Moura não estava feliz com a eleição e posse desses vereadores tidos como independentes à política de predomínio português, e por isso não compareceu à instalação da Câmara no Paço do Conselho. Ele reuniu seus comandados, os de maior confiança entre seus oficiais, em sua própria casa, decidindo o que fazer diante do fato da sempre crescente decisão paraense de aderir à Independência.
A idéia era depor a câmara. O coronel João Pereira Vilaça deu início ao motim em primeiro de março, prendendo imediatamente os vereadores, em sessão no Paço do Conselho, distribuindo a todos pelos quartéis de várias localidades do interior como Chaves, Acará, Monte Alegre, e assim por diante.
Para apressar a adesão, foi mandado José Luís Arosa, um revolucionário do eixo Rio/São Paulo, e que teve logo o apoio de um italiano, João Batista Balby, que trabalhou intensamente para aliciar os oficiais brasileiros para a causa.
No dia 14 de abril, João Balby, acompanhado de oficiais e soldados do Regimento de Macapá, entrou no quartel do Corpo de Artilharia, no Convento de Santo Antônio. De surpresa, os rebelados detiveram a tropa do tenente-coronel José Antônio Nunes, com o domínio de todo o quartel. Mas a conspiração foi dominada pelos comandados do general Moura com o apoio da tropa do coronel Vilaça. Os participantes da revolta só não foram executados sumariamente graças ao bispo D. Romualdo Antônio de Seixas, mais tarde Marques de Santa Cruz.
Em Muaná, no Marajó, também não foi diferente e o povo levantou suas armas e proclamou a tão desejada independência, em maio de 1823, sob a liderança de 200 homens. O idealismo marajoara foi sufocado com tropas armadas e fuzis, pelo militar português. No dia 13 de julho de 1823 a galera Andorinha do Tejo partiu para Lisboa, levando 267 presos muitos dos quais faleceram durante a travessia.
Os portugueses procuraram reforçar então suas defesas, como as baterias de Val-de-Cães, a Fortaleza da Barra, os fortes do Castelo e de São Pedro Nolasco impedindo a estrada de navios no porto. No dia 11 de agosto de 1823, entretanto, uma nau de guerra, de bandeira brasileira, fundeou na baía de Guajará. O comandante do barco, o capitão inglês (a serviço de D. Pedro I) John Pascoe Greenfell enviou, à terra, ofício do chefe da Esquadra Imperial, Almirante Alexandre Thomas Cockrane, de que o porto de Belém estava bloqueado e as forças imperiais exigiam a rendição de quem se opunha à Independência Brasileira, alegando que só restava o Pará ser integrado, e que ele se encontrava com uma esquadra de navios fora da barra, prontos para assegurar a adesão. Mas na verdade, ele só tinha um navio, porém essa estratégia já havia sido usada no Maranhão e dada resultada.
Desse documento também constava a afirmação de que as propriedades dos portugueses que aderissem seriam garantidas, devendo apenas prestar juramento de obediência à Sua Majestade Imperial. Também enviou a declaração do bloqueio do Pará e cópia do auto de adesão do Maranhão.
O general Moura, com 600 homens entre marinha, milicianos, tropas de linha, voluntária inclusive de cavalaria, negou atenção ao comunicado. Presidia a Junta Governativa D. Romualdo de Sousa Coelho que informou ao general que iria reunir um conselho para deliberar sobre a situação. Ás 7 horas da noite de 11 de agosto, no Palácio do Governo, a junta governativa reuniu-se, tendo o comandante das armas José Maria Moura procurado adiar a decisão do Conselho, o que não ocorreu, pois o povo presente à reunião bradava, exigindo a adesão. A reunião encerrou-se às 23 horas. O Pará estava independente de Portugal, unindo-se ao Império. Em 15 de agosto de 1823, foi Proclamada da Adesão do Pará à Independência do Brasil. O brigue do capitão Greenfell deu salva de 21 tiros, respondido pela fortaleza da barra, anunciando o hasteamento da bandeira brasileira. No palácio do Governo, as autoridades formalizaram, solenemente, o ato da Adesão, com o povo, comemorando nas ruas.
No entanto, deposta a junta, os patriotas refugiados no interior exigiram a formação de um governo popular, sob a chefia de Batista Campos. Desmascarado o plano do comandante Grenfell, começaram as manifestações dos adversários e da própria população, contra a recém instalada Junta Provisória, acusada de manter no poder os comerciantes e latifundiários portugueses. Sem controle, os revoltosos invadiram as residências portuguesas e saquearam sua casas comerciais. O cônego Batista Campos, numa tentativa de evitar alguns desses conflitos, foi acusado pelo comandante inglês como mais um agitador político.
Grenfell executou friamente 5 homens, como forma de reprimir as manifestações populares, e amarrou Batista Campos à boca de um canhão aceso. Membros da Junta Provisória intercederam e recomendaram a transferência do Cônego para ser processado e julgado no Rio de Janeiro. Grenfell recuou e soltou Batista Campos. Mas, não satisfeito com as execuções, aprisionou 256 suspeitos, por tempo indeterminado, no porão do brigue “Palhaço”, comandado pelo tenente Joaquim Lúcio Azevedo. Os prisioneiros gritavam por água limpa e espaço para respirar. Os soldados lançaram cal virgem no porão, matando 252 pessoas por asfixia. O ocorrido ficou conhecido como a “Tragédia do Brigue Palhaço”.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

AS AVES DE RAPINA JÁ ESTÃO DOREANDO A CARCAÇA.

Duda vai enfrentar Duda na campanha pela divisão do Pará

JOSÉ CARLOS TEIXEIRA

Três décadas depois de comandar a campanha publicitária contra a divisão da Bahia, o marqueteiro Duda Mendonça vai enfrentar… Duda Mendonça.
Dessa vez, Duda vai comandar a propaganda que os comitês separatistas realizarão nos 40 dias anteriores ao plebiscito que decidirá, em dezembro, o desmembramento do Pará em três estados.
Mas os defensores da integridade territorial do estado já avisaram: vão imitar as peças publicitárias concebidas pelo próprio Duda para combater a proposta de divisão da Bahia, nos anos 1980 e que são consideradas como clássicos da propaganda baiana.
A principal delas é um vídeo em que a cantora Maria Bethânia dizia que dividir a Bahia seria como “separar irmão de irmão”. “É como separar a corda do pau, calar para sempre o berimbau. É como separar Castro de Alves, Rui de Barbosa, Dorival de Caymmi, Caetano de Veloso”, dizia o texto.
“Vamos mostrar que não se pode separar o tacacá do pato ao tucupi, o Rio Amazonas do Rio Tocantins”, declara abertamente Zenaldo Coutinho, secretário da Casa Civil do Governo do Pará e um dos articuladores do movimento pelo “não” no plebiscito.
De todo modo, os antisseparatistas também buscarão argumentos econômicos para fazer contraponto ao tom emotivo que costuma marcar as campanhas de Duda. “Queremos levar o debate para o campo da razão”, explica Coutinho, para quem os defensores da divisão do estado se mostram “ora apaixonados, ora oportunistas”.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

HINO DIES IRAE

FONTE: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Dies Irae ("Dia da Ira") é um famoso hino, em latim, do século XIII. Pensa-se que foi escrito por Tomás de Celano. Sua inspiração parece vir da Vulgata, tradução de Sofonia 1,15–16:
É também um dos hinos do Requiem de Mozart, Verdi e do contemporâneo Penderecki.

1
Dies iræ! dies illa
Solvet sæclum in favilla
Teste David cum Sibylla!

2
Quantus tremor est futurus,
quando judex est venturus,
cuncta stricte discussurus!

3
Tuba mirum spargens sonum
per sepulchra regionum,
coget omnes ante thronum.

4
Mors stupebit et natura,
cum resurget creatura,
judicanti responsura.

5
Liber scriptus proferetur,
in quo totum continetur,
unde mundus judicetur.

6
Judex ergo cum sedebit,
quidquid latet apparebit:
nil inultum remanebit.

7
Quid sum miser tunc dicturus?
Quem patronum rogaturus,
cum vix justus sit securus?

8
Rex tremendæ majestatis,
qui salvandos salvas gratis,
salva me, fons pietatis.

9
Recordare, Jesu pie,
quod sum causa tuæ viæ:
ne me perdas illa die.

10
Quærens me, sedisti lassus:
redemisti Crucem passus:
tantus labor non sit cassus.

11
Juste judex ultionis,
donum fac remissionis
ante diem rationis.

12
Ingemisco, tamquam reus:
culpa rubet vultus meus:
supplicanti parce, Deus.

13
Qui Mariam absolvisti,
et latronem exaudisti,
mihi quoque spem dedisti.

14
Preces meæ non sunt dignæ:
sed tu bonus fac benigne,
ne perenni cremer igne.

15
Inter oves locum præsta,
et ab hædis me sequestra,
statuens in parte dextra.

16
Confutatis maledictis,
flammis acribus addictis:
voca me cum benedictis.

17
Oro supplex et acclinis,
cor contritum quasi cinis:
gere curam mei finis.
1
Dia da Ira, aquele dia
Em que os séculos se desfarão em cinzas,
Testemunham
David e Sibila!

2
Quanto terror é futuro,
quando o Juiz vier,
para julgar a todos irrestritamente !

3
A trompa esparge o poderoso som
pela região dos sepulcros,
convocando todos ante o Trono.

4
A morte e a natureza se aterrorizam
ao ressurgir a criatura
para responder ao Juiz.

5
o Livro escrito aparecerá
em que tudo há
em que o mundo será julgado.

6
Quando o Juiz se assentar
o oculto se revelará,
nada haverá sem castigo !

7
Que direi eu, pobre miserável?
A que Paráclito rogarei,
quando só os justos estão seguros ?

8
Rei, tremenda Majestade,
que ao salvar, salva pela Graça,
salva-me, fonte Piedosa.

9
Recordai-vos, piedoso Jesus,
de que sou a causa de Vossa
Via;
não me percais nesse dia.

10
Resgatando-me, sentistes lassidão,
me redimistes sofrendo a Cruz;
Que tanto trabalho não tenha sido em vão.

11
Juiz Justo da Vingança Divina,
Dai-me a remissão dos meus pecados,
antes do dia Final.

12
Clamo, como condenado,
a culpa enrubesce meu semblante
suplico a Vós, ó Deus

13
Ao que perdoou a Madalena,
e ouviu à súplica do ladrão,
Dai-me também esperança.

14
Minha oração é indigna,
mas, pela Vossa Bondade atuais,
Não me deixeis perecer cremado no Fogo Eterno.

15
Colocai-me com as ovelhas
Separai-me dos cabritos,
Ponde-me à Vossa direita;

16
Condenai os malditos,
lançai-os nas flamas famintas,
Chamai-me aos benditos.

17
Oro-Vos, rogo-Vos de joelhos,
com o coração contrito em cinzas,
cuidai do meu fim.
O poema parece completo tal como está. Alguns académicos interrogam-se se o resto é um acrescento destinado a dar uso litúrgico ao poema:
18
Lacrimosa dies illa,
qua resurget ex favilla
judicandus homo reus.

19
Huic ergo parce, Deus:
Pie Jesu Domine,
dona eis requiem. Amen.
18
Lacrimoso aquele dia
no qual, das cinzas, ressurgirá,
para ser julgado, o homem réu.

19
Perdoai-os, Senhor Deus
Piedoso Senhor Jesus,
Dai-lhes descanso eterno, Amém!

terça-feira, 5 de julho de 2011

DIVISÃO DO ESTADO DO PARÁ

Por Luciano Seki
Está rolando grandes debates nas redes sociais sobre a divisão do Pará, venho através deste meio de comunicação colocar minha opinião pessoal, tendo sinceros respeito, preocupações e grande interesse por este assunto, pois, acredito que a DIVISÃO DO PARÁ não é absolutamente necessária para os moradores do sul e oeste deste estado, venho também buscar soluções e opiniões para que isso não aconteça.

PARAENSES UNI-VOS.
OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER.
NA LUTA COM ATITUDE...

Bom, se formos nos concentrar no discurso de separação por motivo de assistência administrativa, cultural e etc. que é lógico que acontece, não estou me enganando, vamos também pedir a separação do Pará do Brasil?! Por que também temos sentimentos de abandono administrativo, cultural, industrial etc. já não bastava a vontade tremenda de tirar a estrela spica representando o Pará? O poder público sempre vai ter falhar, aí vão querer dividir de novo seja lá qual estado for, o POVO de lá (sul e oeste) são os verdadeiros interessado sim, mas que povo? Os que vieram de lá de onde? Do sul, oeste, leste, que com poder aquisitivo se tornaram prefeito, vereadores já com interesse de nos dividir a qualquer custo, cadê o verdadeiro povo paraense?O buchudo de beira de estrada, que come chibé, por falhas desse mesmos políticos que clamam por separação e ditam melhorias, vamos separar belém, vamos separar ananindeua, também temos falhas e queremos melhoras para o povo de cá.
No momento de grande discussão ambiental, o desmatamento desnecessário e incontrolável que já acontece em nosso estado, aliás na região norte, vocês não acham que a construção de um novo estado pregando o progresso e o crescimentos necessários para o mesmo; nossas matas, floresta, rios e outros irão pagar por esse crescimento.
O grande gasto nos cofres públicos para transformar em território para depois virar estado e o aumento de mais políticos mamando na tetas da nação a nossa custa, será que é o interesse público acima do privado ou o privado acima do público?

quinta-feira, 30 de junho de 2011

MAS UMA POESIA.

ESTOU NO MUNDO DA LUA.

SORRIO, CHORO,VIBRO, DESCUBRO QUE ME PERCO NO ESCURO.
ESTOU QUASE NUA.
ESTOU NO MUNDO DA LUA.
ALEGRO-ME, GRITO, CORRO, SOU QUASE TUA.
ESTOU NO MUNDO DA LUA.
TRABALHO, FUMO, ME ARREPENDO, ME LARGO NA RUA.
ESTOU NO MUNDO DA LUA.
SOFRO, MISTURO, ME LEVO NA TUA.
ESTOU NO MUNDO DA LUA.

TENSHI YUJI

terça-feira, 28 de junho de 2011

A VOLTA...

VOLTANDO DEPOIS DE UMA LONGA TEMPORADA DE FALHAS TÉCNICAS, DESCULPE!!! MAS TENTAREI VOLTA GRADATIVAMENTE, COM ASSUNTOS DIFERENTES DE POLÍTICA A BESTEIROL, POESIAS, MÚSICAS OU ATÉ MESMO DA BOÊMIA...

DEIXO AQUI UMA POESIA DE UM ARTISTA SEM REGRAS, QUE ESCAPOLI DAS MÃOS DO CONCEITO DO CERTO OU ERRADO.

QUERO!!!

QUERO SER LIVRE PARA PODER VÔAR.
QUERO SER O SOL E A LUA PARA PODER SENTIR O CALOR  E O FRIO.
QUERO PODER VIVER E NÃO SUPREENDER-ME.
QUERO REPRESENTAR, QUERO FALAR, QUERO ALÉM DE TUDO ME ABRIR E PODER SORRIR.
QUERO ACREDITAR E TER FÉ PARA NÃO MAIS CALAR.
QUERO IMAGINAR, ME LEVAR ALÉM DO MAR E PODER-ME LEMBRAR DA INFÂNCIA QUE UM DIA DEIXEI PARA LÁ.

TENSHI YUJI

terça-feira, 24 de maio de 2011

JUSTIÇA... ADEUS AO CAMARADA JOSÉ CLAÚDIO.


"Casal de camponeses é assassinado em Nova Ipixuna"

24.05.2011
 
Os camponeses Maria do Espírito Santo da Silva e José Claudio Ribeiro da Silva foram assassinados na manhã desta terça-feira (24), no Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialtapiranheira, em Nova Ipixuna, sudeste do Pará. Eles eram casados, lideravam a associação de camponeses da área e vinham denunciando, há anos, a ação de madeireiros destruindo a floresta. As vítimas denunciaram também que estavam sendo ameaçados de morte pelos madeireiros, mas nunca conseguiram proteção policial.  (Chagas Filho, da Sucursal de Marabá do Diário do Pará).
"É um desastre pra quem vive do extrativismo como eu, que sou castanheiro desde os sete anos de idade, vivo da floresta, protejo ela de todo jeito. Por isso eu vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque eu vou pra cima, eu denuncio os madeireiros, denuncio os carvoeiros, e por isso eles acham que eu não posso existir.
A mesma coisa que fizeram no acre com o Chico Mendes, querem fazer comigo. A mesma coisa que fizeram com a Irmã Dorothy, querem fazer comigo. Eu posso estaar hoje aqui, conversando com vocês, daqui um mês, vocês podem saber a notícia que eu desapareci. Me pergunto: tenho medo? tenho. Sou ser humano, tenho medo. Mas o meu medo não empata de eu ficar calado!" Zé Claúdio Nov. 2011
Por Luciano Seki

Mais um assasinato de um trabalhador, defensor dos camponeses, da floresta e do povo paraense. Até onde vamos pára? Os parasitas que nos governam nos deixam a mercê desses lacraios, por mais incrivel que pareça sempre acontece no governo do PSDB...
É com grande tristeza e lamentação que damos adeus aos camaradas de luta, que sempre acreditaram na construção de um mundo melhor e por isso foram assassinados por corvades que escondem seus rostos para cometer as barbaridades com trabalhadores humildes.

PEDIMOS JUSTIÇA!!!

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER.

terça-feira, 3 de maio de 2011

MORTE DE BIN LADEN E OS INFIÉIS.

"Governo americano vinha afirmando que o líder da Al-Qaeda havia sido morto com um tiro na cabeça ao resistir à captura.
Segundo Carney, apesar de não estar armado, Bin Laden de fato tentou resistir.
 “Havia a preocupação de que Bin Laden fosse se opor à operação de captura, e realmente ele resistiu', disse o porta-voz, em entrevista coletiva em Washington. 'Bin Laden foi então atingido e morto. Ele não estava armado. “
Por BBC, BBC Brasil, Atualizado: 3/5/2011 17h03min

Por Luciano Seki (Dies Irae)
Essa é mais uma prova de que o governo Americano ASSASSINOU o então "terrorista" mais procurado do mundo. Com desculpas sem sentido, desprezando a nossa inteligência querem justificar esse assassinato com desvios das informações e pior! Colocando a culpa na própria vitima que resistiu desarmado a sua prisão, com 20 soldados da força especial da marinha americana armados até os dentes; _O MacGyver Islâmico com uma caneta sem carga partiu em cima dos soldados que amedrontados dispararam dois tiros pegando um no peito e outro na cabeça, assim, Osama ganha o seu martírio. Com a morte de bin Laden que defende o martírio em nome da salvação erguem-se os novos recrutas jurando vingança contra os infiéis. Os gritos da nação muçulmana ecoam por toda a parte. Os sangues derramados pioram a situação dos países imperialista que em pele de cordeiro, se dizem policiais do mundo para financiarem guerras, atentados e seus próprios terroristas; as forças imperialistas que dizem não atacar Muammar Abu Minyar al-Gaddafi, bombardeiam sua casa matando um de seus filhos; enquanto outras nações que seguem a cartilha imperialista entregando sua população e vendendo a preço de banana suas riquezas tem a proteção do Tio San. Forjado nas mentiras, essas forças obscuras fazem de tudo para alcançarem seus objetivos  implantando suas democracias baseada no fortalecimento da grande burguesia, exploração de homens, mulheres e crianças portanto enriquecendo-os mais e assim apedrejando os paises pobres e seu povo.      

PENSAMENTOS E REFLEXÕES DO DIA.


"Só se admite que um homem olhe para o outro de cima para baixo se for para estender-lhe a mão e ajudá-lo a se levantar." 

GABRIEL GARCIA MARQUES

terça-feira, 19 de abril de 2011

PARABÉNS AOS ÍNDIOS!

 Sou descendente de índios, brancos, japoneses, negros, mulatos, caboclos, cafuzos, mamelucos... Ixi, tudo isso me deixou confuso, mas o Brasil tem dessas coisas, tudo junto e misturado!!! FELIZ DIA DO ÍNDIOS.